quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

SIMPATIA EM POEMA: "PRA CURAR ENJOO"




Cidinha Souza Pinto
Dez 2008
Revisto jan 2011


Enjoo, se não cuidado,
com remédio receitado,
É preciso logo ver
e mais depressa saber.

Ao médico recorrendo,
pode ficar assustada.
Na mulher acontecendo,
E se exame fizer,
Virá escrito, bem claro
Resultado: emprenhada
Ou então, que foi “cruzada”
E mais, grávida, se assim o quiser.

Se esta não for a causa,
Da tal “ incomodação”,
Vou dar logo a simpatia,
sabendo de antemão
que é pra fazer num só dia
Sexta feira da Paixão.

Se o tempo tiver passado
tão rápido, sem ser notado,
Faça logo um tratado
com algum santo escolhido
pra seu mal logo cuidar.
Pode ser na lua cheia
que a noite ela clareia
com céu cheio de estrelas
pra sua vida alumiar.

Feito então o contrato,
encontre uma chave antiga
daquelas tamanho da mão.
Segure-a com muito jeito
sempre do lado direito
contando pra não perder
o tempo que está a correr.

Segure bem apertado
por sete minutos cravados
soltando logo a seguir.


Passados alguns minutos
vai sentir satisfação
vinda do fundo do corpo.
Com arroto aos borbotões,
verá que o tal enjoo
vai fugindo devagar
voltando sentir prazer
na comida pra comer
e sem recomendações.

Mas tenha muito cuidado.
Não deixe a chave jogada
esquecendo de guardar.
Deve ser bem protegida
muito bem acomodada
numa caixa apropriada,
Se preciso, encontrada
pra quem dela precisar.


.................................







Nenhum comentário:

Postar um comentário